quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

SOBRE A COMIDA NA FORMA DE DITOS POPULARES

 
Autor: Guaraci Neves

Quando comecei, pensava que escrever sobre comida seria sopa no mel, mamão com açúcar. Só que depois de um certo tempo dá crepe, você percebe que comeu gato por lebre e acaba ficando com uma batata quente nas mãos. Como rapadura é doce mas não é mole, nem sempre você tem idéias e pra descascar esse abacaxi só metendo a mão na massa.E não adianta chorar as pitangas ou, simplesmente, mandar tudo às favas.

Já que é pelo estômago que se conquista o leitor, o negócio é ir comendo o mingau pelas beiradas, cozinhando em banho-maria, porque é de grão em grão que a galinha enche o papo.Contudo é preciso tomar cuidado para não azedar, passar do ponto, encher linguiça demais. Além disso, deve-se ter consciência de que é necessário comer o pão que o diabo amassou para vender o seu peixe. Afinal não se faz uma boa omelete sem antes quebrar os ovos.

Há quem pense que escrever é como tirar doce da boca de criança e vai com muita sede ao pote. Mas como o apressado come cru, essa gente acaba falando muita abobrinha, são escritores de meia tigela, trocam alhos por bugalhos e confundem Carolina de Sá Leitão com caçarolinha de assar leitão. Há também aqueles que são arroz de festa, com a faca e o queijo nas mãos, eles se perdem em devaneios (piram na batatinha, viajam na maionese... etc.).

Achando que beleza não põe mesa, pisam no tomate, enfiam o pé na jaca, e no fim quem paga o pato é o leitor que sai com cara de quem comeu e não gostou. O importante é não cuspir no prato em que se come, pois quem lê não é tudo farinha do mesmo saco. Diversificar é a melhor receita para engrossar o caldo e oferecer um texto de se comer com os olhos, literalmente.

Por outro lado se você tiver os olhos maiores que a barriga o negócio desanda e vira um verdadeiro angu de caroço. Aí, não adianta chorar sobre o leite derramado porque ninguém vai colocar uma azeitona na sua empadinha, não. O pepino é só seu, e o máximo que você vai ganhar é uma banana, afinal pimenta nos olhos dos outros é refresco...

A carne é fraca, eu sei. Às vezes dá vontade de largar tudo e ir plantar batatas. Mas quem não arrisca não petisca, e depois quando se junta a fome com a vontade de comer as coisas mudam da água pro vinho. Se embananar, de vez em quando, é normal, o importante é não desistir mesmo quando o caldo entornar. Puxe a brasa pra sua sardinha, que no frigir dos ovos a conversa chega na cozinha e fica de se comer rezando. Daí, com água na boca, é só saborear, porque o que não mata engorda.

domingo, 4 de dezembro de 2011

terça-feira, 29 de novembro de 2011

BEM BOLADO.


Essa imagem vai para meus filhos.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

CABELOS MOICANOS

Meninos, que coisa é essa agora?
Tá dando nojo olhar para as cabeças de alguns homens.Primeiro pelo corte baranga e  ridículo que fazem, na minha opinião.
Lambrecam, lambuzam de gel e espetam os fios para cima...Nojento!!!!!
Os exemplos abaixo explicam o meu gosto:
 Olha que merda!!!! Não adianta dinheiro se o bom gosto não prevalece, uai!
 Pelo menos combinou com a cara do cara...
 Ôôôô miséria!!!!!!
 Quequeéisso? Ridículo.
 Olha a plasta de gel ai, gente!!!!!
                                 Alguém me explica?Cabelo feito na laje,no fundo de algum quintal.
Bom, mudando de caso:
Neste caso o cabelo está limpo e é bem tratado, além da carinha do cara (aiaiaiai) ajudar bastante.
Isso sim é que é ter estilo, ser estiloso.Dá gosto gostar deste cabelo moicano!

domingo, 23 de outubro de 2011

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

domingo, 16 de outubro de 2011

SÓ PRA CONTARIAR!!!



E Deus fez a mulher...
Houve harmonia no paraíso.
O diabo vendo isso resolveu complicar...
Deus deu a mulher cabelos sedosos e esvoaçantes.
O diabo deu pontas duplas e ressecadas.
Deus deu a mulher seios firmes e bonitos.
O diabo os fez crescer e cair.
Deus deu a mulher um corpo esbelto e provocante.
O diabo inventou a celulite, as estrias e o culote.
Deus deu a mulher músculos perfeitos.
E o diabo os cobriu com lipoglicerídios.
Deus deu a mulher uma voz suave, doce e melodiosa.
                             O diabo a fez falar demais.
Deus deu a mulher um temperamento dócil.
E o diabo inventou a TPM.
Deus deu a mulher um andar elegante.
O diabo investiu no sapato de salto alto.
Então Deus deu a mulher infinita beleza interior.
E o diabo fez o homem perceber só o lado de fora.
Deus fez a mulher ficar maravilhosa aos 30, vibrante aos 40.
O diabo deu de presente a menopausa aos 50...
Só pode haver uma explicação para tudo isso:
O diabo é
V I ADO !!!!! 


CATEI DAQUI, Ó:

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

QUEM TEM MEDO DA JULIA ROBERTS?


Em um vídeo divulgado na internet, um cão da raça husky parece ter medo da protagonista do filme “Uma linda mulher”. Toda vez que seu dono folheia e mostra a fotografia da atriz em um anúncio de produtos de beleza, o cachorro sai de perto e se esconde.
Para não deixar dúvida que o “problema” é realmente a imagem da atriz, o rapaz faz uma segunda tentativa, mas o bicho fica ainda mais perturbado.
SURRUPIEI DAQUI, Ó:http://www.pop.com.br

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O CASO DA MULHER CATCHUP


Eu também não sabia de nada...rsrs.
Achei uma maluquice o caso e logo imaginei:
Vai virar filme.Pois é...tudo por aqui vira filme, basta repercussão.
O caso "viajou", saiu da pequena cidade cujo nome é Pindobaçu, Bahia.
Seria trágico se não fosse cômico!
Leia aqui o CASO DA MULHER CATCHUP.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

SALADA DE FRUTAS COM KETCHUP

Melancia...
 pêra...
 jaca...

...e agora a mulher ketchup.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011